Implantes

A Clínica Alexandre Manzano dispõe do que há de mais moderno em implantodontia. Profissionais altamente capacitados e Instalações integradas complementam o melhor tratamento, a começar pela elaboração de próteses personalizadas e feitas artesanalmente em laboratório especializado, respeitando sempre as características de cada cliente.

Técnicas de Implantologia
Implante Unitário Fixo

Este procedimento é o mais utilizado. Consiste na colocação do parafuso de titânio em substituição do dente perdido. Esta colocação é geralmente feita alguns meses após a perda. A prótese ou coroa de cerâmica é colocada dois ou três meses depois. Durante este tempo intermédio acontece a osseointegração. A coroa de cerâmica pode ser cimentada ou aparafusada ao implante. 

Implante Unitário com Extração Imediata 

Neste tratamento dentário coloca-se o implante após a exodontia do dente. A técnica consiste na substituição imediata do dente pelo implante. A prótese é colocada alguns meses mais tarde após o período habitual de osseointegração. Durante este tempo o paciente pode usar uma prótese removível provisória. 

Implante Unitário Fixo Imediato e Prótese Carga Imediata 

Neste tipo de tratamento o paciente pode fazer a extração de dente no mesmo dia ou esperar algumas semanas após a extração e colocar o implante. Na altura da colocação do implante dentário fixa-se uma coroa provisória ou definitiva. É a chamada carga imediata. Existe maior rapidez na conclusão do processo. Os benefícios relativos à estética são maiores. A carga imediata permite entrar na clínica sem dente e sair no mesmo dia com um dente fixo em implante dentário. Nem todas as pessoas são candidatas a implantes dentários com carga imediata. 

Implantes para Preencher a Falta de Três Dentes 

O procedimento é semelhante ao tratamento acima descrito. É possível fazer as extrações e colocar os implantes no mesmo dia, ou ao contrário, fazer as extrações e colocar os implantes algumas semanas depois enquanto o osso regenera. Por outro lado o candidato pode apresentar a falta de três dentes e depois de analisadas as condições de osso disponível colocam-se os dois implantes. A diferença principal é que é possível colocar dois implantes ficando um espaço vazio intermédio. Nos dois implantes vai encaixar uma ponte de cerâmicas três elementos. A coroa intermédia fica apoiada na gengiva. Este procedimento diminui o custo do tratamento e permite preencher a falta de três dentes. 

Overdenture – Implantes para Fixar Dentaduras 

Este procedimento consiste na colocação de dois implantes no maxilar inferior com o objetivo de fixar uma prótese dentária acrílica. Para encaixar a prótese utiliza-se um dispositivo em que a extremidade é uma bola. Esta bola vai encaixar em um “O-ring” colocado na prótese acrílica. Com este tratamento cria-se estabilidade. A prótese total fica fixa em repouso sobre a gengiva sem oscilar. 

Implante de Todos os Dentes em Quatro Implantes (all–on-four) 

A técnica de todos os “dentes em quatro” foi inventada para reabilitar pacientes edêntulos no maxilar. É um procedimento cirúrgico que permite com a colocação dos quatro implantes fixar todos os dentes. Estas próteses sobre implantes são compostas geralmente por 12 dentes e aparafusadas aos implantes. A prótese fixa sobre implantes é feita de material cerâmico ou material metal-acrílico. Esta última é constituída por uma barra de metal com quatro orifícios onde se aparafusa aos implantes. É fixa, estável e em tudo semelhante a dentes naturais. 

Implante de Todos os Dentes em Seis Implantes
(all-on-six) 

O procedimento é igual ao acima descrito. Nos nossos centros de implantologia aconselhamos este tratamento a desdentados totais do maxilar superior. A razão por que colocamos mais implantes neste maxilar é porque a necessidade de fixação é maior. 

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 Dr. Alexandre Manzano